Aracaju, SE 16/07/19
 

Nossa História
nova orla
points do turista
igrejas e museus
agenda
cultura
noticias
turismo
personalidade
artesanato
videos
galeria de fotos
culinária
passeios em sergipe
Sergipe
mapas
contato
 
Espaços Terapêuticos, Academias desportivas - Aracaju Sergipe
Auto-peças, Acessórios, Auto-escolas, Pneus, Oficinas e Serviços - Aracaju Sergipe
Bares, Lanchonetes, Boates - Aracaju Sergipe
Institutos de Beleza, Centro de Estética, Lojas de Cosméticos, Noivas - Aracaju Sergipe
Móveis, Decoração, Armários, Cozinhas, Quartos - Aracaju Sergipe
Docerias, Deli, Buffet Eventos e Festas, Padarias - Aracaju Sergipe
Delícias Regionais, Churrascaria, Cozinha Naturalista, Cozinha Oriental/Francesa/Italiana/Alemã - Aracaju Sergipe
Pizzarias, Lanchonetes - Aracaju Sergipe
Lanchonetes, Acarajés, Salgados
Pousadas, Motéis - Aracaju Sergipe
Hotéis, Resort's - Aracaju Sergipe
Farmácia & Drogria, Farmácias de Manipulação - Aracaju Sergipe
Lançamentos, Promoções - Aracaju Sergipe
Suprimentos, Recarga de cartuchos, Computadores, Assitência Técnica - Aracaju Sergipe
Empreendimentos - Aracaju Sergipe
Colégios, Cursos Profissionalizantes, Universidade, Faculdade, Escolas de Idiomas - Aracaju Sergipe
Clínicas Médicas, Hospitais, Oftalmologista, Ortopedista, Ondotologia, Dermatologia, Cirurgia Plástica - Aracaju Sergipe
Moda Jovem, Moda Praia, Moda Íntima, Calçados & Bolsas, Acessórios & Bijuterias, Presentes - Aracaju Sergipe
Lojas, Madereiras, Tintas - Aracaju Sergipe
Supermercados, Distribuidoras - Aracaju Sergipe
Agências, Receptivo, Operadoras - Aracaju Sergipe
TV, Rádio, Jornais, Revistas - Aracaju Sergipe
Lavandeiras, Escritórios de Contabilidade, Gráfica e Copiadora, Detetização, Seguradoras e Seguros, Taxi, Chaveiros, Telefones Úteis - Aracaju Sergipe
 

 
Artesanato
Visite Aracaju. Aqui você é mais Feliz!
Rendeiras ampliam seu comércio

Rendeiras ampliam seu comércio


Aracaju, 04 de agosto de 2010

Quem já ouviu falar em ‘Dente de jacaré’, ‘cocada’, ‘rendinha’, ‘aranha’ e ‘picô’? Talvez poucas pessoas saibam o que isso significa, mas quem passa pela cidade de Divina Pastora não tem como deixar de conhecer.

Os diversos pontos da renda irlandesa têm conquistado, a cada dia, novos clientes e contribuído para aumentar a renda familiar da maioria das rendeiras. “Nossas rendas são vendidas em outros Estados e também no exterior”, comentou Giselma dos Santos, de 37 anos,  que aprendeu a costurar quando ainda tinha 12 anos.

Asderen

Buscando organizar a produção da renda e a divulgação do trabalho que é realizado na cidade, as rendeiras fundaram a Associação para o Desenvolvimento da Renda Irlandesa de Divina Pastora (Asderen).

Segundo Giselma, a associação é fundamental para a atividade que elas exercem. “Queremos desenvolver o nosso trabalho para que seja conhecido não só no Brasil, mas também no exterior, onde os clientes possam comprar direto da gente” pontuou.



Giselma ressaltou que a Renda Irlandesa já está sendo vendida fora do país por “atravessadores que se aproveitam das rendeiras e vendem as peças pelo tríplo do valor” desvalorizando as rendeiras da cidade.

Ainda segundo Giselma, as associadas estão se preparando através de cursos, na tentativa de vencer os obstáculos. “Estamos fazendo cursos no Sebrae para entender mais sobre preço, cliente e divulgação. Estamos pensando até na criação de uma página na internet”, relatou.

Exterior

Enquanto as rendeiras se estruturam com a Associação, algumas rendeiras vão buscando novos caminhos para fazer com que o trabalho seja reconhecido em outros países.

É o exemplo de Adelfilha Carvalho Machado, conhecida como Silinha. Ela é rendeira e aproveita as viagens da mãe, conhecida como ‘Dona Zú’, representante do Brasil em feiras culturais no exterior, para enviar as peças que ela mesma produz. “Minha mãe viaja sempre e nesse mês de maio ela já está na Argentina, onde tem vendido muito bem as nossas rendas”, relatou.

Segundo Silinha, sua mãe, também rendeira já ganhou vários prêmios com a Renda Irlandesa em várias cidades brasileiras.

Patrimônio Cultural

A renda Irlandesa produzida na cidade do interior sergipano foi reconhecida em novembro de 2008 como Patrimônio Cultural do Brasil. “A renda chegou a Divina Pastora trazida por freiras irlandesas, por aqui a cidade tem uma relação religiosa muito forte. Então, elas ensinaram as pessoas daqui e o ofício foi transmitido de geração para geração”, explicou a coordenadora de cultura da prefeitura da cidade, Maria do Socorro Rocha.

Há aproximadamente cinqüenta anos, a atividade vem sendo aprimorada e segundo Socorro a evolução é visível. “Foi acrescentando alguns pontos, alguns desenhos, pois antigamente eram feitos mais enxovais e agora mudou, hoje elas fazem jogos americanos, presilhas de cabelo, capas de celular, marcador de texto, entre outros”, relatou a coordenadora.

Ainda segundo Maria do Socorro, as rendeiras ainda confeccionam peças mais tradicionais. “O bordado tende mais para o floral, para o cotidiano feminino e para o religioso. Com eles, produzem colchas, enxovais e até vestido de noivas”, comentou.



Novos Desenhos

Para a estudante Adriene Santos, 36 anos, que aprendeu o ofício da renda com a tia, é importante manter a tradição, mas é necessário aprimorar sempre. “ O interesse de aprender partiu de mim, pois acho bonito, mas estou fazendo um curso de design para aprimorar a renda, criar novos desenhos e inovar”, explicou.

A estudante também pontuou que peças menores são mais fáceis de vender. “Passadeira, colcha demoram muito, então faço umas coisas menores, porque são mais rápidas e bem comerciáveis”, comentou.

Quem também passou a produzir peças menores, visando um lucro mais imediato, foi Maria Eugênia dos Santos Dorotéia, 67. “Sou aposentada mais a renda ainda me ajuda, então tenho duas lojas em Aracaju, lá só vou buscar o dinheiro”, falou sorridente a rendeira, que sobrevive do ofício.

Por Alcione Martins e Raquel Almeida
Fonte: Infonet


:: VEJA TAMBÉM
Artesanato sergipano será destaque nas revistas de bordo da Latam e Gol
Sesc abre inscrições para o evento Sescanção
Artesãos de Maruim recebem documento de registro da profissão
Artista belga explica pinturas sobre violência urbana
Confiança X Flamengo: filas quilométricas no Batistão
Seminário Internacional de Gênero em Aracaju
Vacina contra Zika pode ser desenvolvida em até um ano, diz ministro
Filme argentino 'Papéis ao Vento' no Cine Vitória
Sucos naturais e terapêuticos fazem sucesso no verão
Primeiros finalistas do prêmio 'Um Banquinho, Uma Canção' são definidos
CPTran realiza blitz educativa da Lei Seca durante feriadão
Ainda não há prazo para funcionamento dos radares
SSP terá Plano Estratégico de Segurança e Central de Resultados
MP pede a suspensão da realização de eventos no CIC
Bianca Toledo e Heloisa Rosa estarão em Aju neste sábado
Forrocaju 2015 será realizado pela Secom da Prefeitura
Espetáculo ''Que Deus me Defenda'' hoje em Lagarto
Serjeep Fest acontece de 30 de abril até 3 de maio
Secretaria de Meio Ambiente e Funasa farão parceria na área de resíduos sólidos
Monumento de homenagem à Marcelo Déda será construído
Armarinhos apresentam variedade de fantasias e adereços
Npdov contribui para capacitação de sergipanos
Cohidro registra crescimento em produtividade agrícola do Estado em 2014
Jackson recebe Medalha Almirante Tamandaré da Marinha do Brasil
Trânsito:multas para ultrapassagem estão mais caras
11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
Espetáculo "Em Nome do Jogo”
Mostra de Cinema Alemão será realizada pelo Sesc
Cinemark exibe filme sobre One Direction
Inscrição para Salão de Fotografia de Aracaju até dia 12
Espaço Zé Peixe está em fase de conclusão
Batistão estará pronto até o dia 30 para receber os gregos
Governo investe mais de R$ 35 milhões em reforma e ampliação de escolas da capital
Aracaju Convention marca parceria com Governo de Sergipe
“O Couro e o Rio - usos e significados” por Sayonara Viana
Árvore de Natal Ecológica no Centro de Criatividade
Zumbi dos Palmares ganha estátua na Orla de Atalaia
Artesanato sergipano conquista novos mercados
Mostra Aracaju 2012
Artesanato - Onde encontrar em Aracaju
Centro de Artesanato de Sergipe atrai turistas de todo o Brasil
Feirinha na praça General Valadão funcionará até dia 31 de janeiro
Literatura de cordel atrai turistas ao mercado de Aracaju
Tradições sergipanas terão destaque na Abav
Exposição ‘Dois Mundos’ chega ao Mirante da 13 de Julho
Reinauguração cordelteca da Clodomir Silva
Inscrições abertas para o Concurso Sílvio Romero 2011
Pythiu expõe seus quadros na galeria Álvaro Santos
PMOC faz exposição para marcar o São João
Mercados centrais marcaram desenvolvimento da capital
Brincos coloridos fazem a festa do Verão 2011
Governador prestigia abertura da Feira de Sergipe na Orla de Atalaia
Tradição do Lambe-Sujo está exposta no Mirante
Arte Contemporânea em Sergipe
Artistas locais alcançam o Brasil e o exterior
Rendeiras ampliam seu comércio
Exposição 'Arquitetura e Artes Plásticas.
Exposição Coletiva Junina na Galeria Álvaro Santos
Guia Divirta-se Maio 2010
Salão dos Novos: Mais de 100 obras estão inscritas esse ano.
Transformação no Beco dos Cocos
Peças em mosaico estão expostas no Mirante da 13
Unidades da Funcaju celebram mês do Folclore
Artesanato sergipano continua em exposição
Artesanato Sergipano
Lambe-Sujo
Artesanato