Aracaju, SE 21/07/19
 

Nossa História
nova orla
points do turista
igrejas e museus
agenda
cultura
noticias
turismo
personalidade
artesanato
videos
galeria de fotos
culinária
passeios em sergipe
Sergipe
mapas
contato
 
Espaços Terapêuticos, Academias desportivas - Aracaju Sergipe
Auto-peças, Acessórios, Auto-escolas, Pneus, Oficinas e Serviços - Aracaju Sergipe
Bares, Lanchonetes, Boates - Aracaju Sergipe
Institutos de Beleza, Centro de Estética, Lojas de Cosméticos, Noivas - Aracaju Sergipe
Móveis, Decoração, Armários, Cozinhas, Quartos - Aracaju Sergipe
Docerias, Deli, Buffet Eventos e Festas, Padarias - Aracaju Sergipe
Delícias Regionais, Churrascaria, Cozinha Naturalista, Cozinha Oriental/Francesa/Italiana/Alemã - Aracaju Sergipe
Pizzarias, Lanchonetes - Aracaju Sergipe
Lanchonetes, Acarajés, Salgados
Pousadas, Motéis - Aracaju Sergipe
Hotéis, Resort's - Aracaju Sergipe
Farmácia & Drogria, Farmácias de Manipulação - Aracaju Sergipe
Lançamentos, Promoções - Aracaju Sergipe
Suprimentos, Recarga de cartuchos, Computadores, Assitência Técnica - Aracaju Sergipe
Empreendimentos - Aracaju Sergipe
Colégios, Cursos Profissionalizantes, Universidade, Faculdade, Escolas de Idiomas - Aracaju Sergipe
Clínicas Médicas, Hospitais, Oftalmologista, Ortopedista, Ondotologia, Dermatologia, Cirurgia Plástica - Aracaju Sergipe
Moda Jovem, Moda Praia, Moda Íntima, Calçados & Bolsas, Acessórios & Bijuterias, Presentes - Aracaju Sergipe
Lojas, Madereiras, Tintas - Aracaju Sergipe
Supermercados, Distribuidoras - Aracaju Sergipe
Agências, Receptivo, Operadoras - Aracaju Sergipe
TV, Rádio, Jornais, Revistas - Aracaju Sergipe
Lavandeiras, Escritórios de Contabilidade, Gráfica e Copiadora, Detetização, Seguradoras e Seguros, Taxi, Chaveiros, Telefones Úteis - Aracaju Sergipe
 

 
Turismo
Visite Aracaju. Aqui você é mais Feliz!

Festas Juninas 2010


Bem vindo a Aracaju Sergipe - O Maior São João do Brasil!



 As festas juninas fazem parte da tradição folclórica do Nordeste brasileiro. As festas sempre ocorrem durante o mês de junho, para celebrar três santos: Santo Antônio, São João e São Pedro. A diversidade do festival junino em Sergipe é o que garante o melhor São João do Brasil.
Cada cidade celebra as datas com características muito próprias. É um espetáculo variado de cores e sabores para agradar todos os gostos. Uma grande festa gastronômica segue paralela aos fogos de artifício e às musicas. Os shows pirotécnicos, outra tradição do ciclo junino, continuam vivos em Sergipe, talvez o único estado brasileiro a conservar este ritual em todas as etapas.



Brincadeiras, grupos folclóricos desfilando nas ruas, muito xote, xaxado e baião - ritmos musicais genuinamente nordestino, comida típica da melhor qualidade, paz  e harmonia.  Quem passa os festejos juninos em Sergipe, nunca esquece.
A cada ano o Forró Caju (nos mercados) e a Vila do Forró (na Orla de Atalaia) atraem milhares de pessoas para os festejos em Aracaju, são inúmeras atração nacionais passando pelos palcos da terra dos cajueiros como Elba Ramalho, Zé Ramalho, Saia Rodada, Calcinha Preta, Trio Itapoã,  Forró Fogo de Mulher, Forró Atrevida, Orquestra Sanfônica de Aracaju, Família Gonzaga, Limão com Mel, Saia Rodada, Banda Calypso, Dominguinhos, Alceu Valença, Aldemário Coelho, Clemilda, Genival Lacerda, Sergival, Rastapé, Zinho e Banda Girassol, Mulheres Perdidas,Rogério, Xote Baião e outros inúmeros sucessos, são mais de 150 atrações musicais que você só poderá ver aqui em Sergipe.



Aracaju

Na capital, o 1º dia de junho é recebido com uma salva de fogos de artifícios e a partir daí, a festa começa. Na rua São João, no bairro Santo Antônio, há a tradicional troca de mastro, campeonato de quadrilhas e muito forró.  Simultaneamente, os espetáculos multiplicam-se em outros pontos da cidade: no “forródromo” em frente ao Mercado Municipal, no Gonzagão, na Rua 24 Horas e no Centro de Criatividade,  se concentra grande parte da população para assistir ao vivo shows de artistas regionais e  concursos de quadrilhas.



Nas ruas, fogueiras iluminam a noite junina e as famílias se reúnem ao redor delas para assar  milho verde fresquinho. Os casamentos caipiras, realizados durante as festividades, celebram Santo Antônio. Um cortejo de moças ornamentadas e convidados  vestidos com trajes típicos, desfilam pelas ruas da cidade até o arraial onde será realizado o casório. Tudo com muito humor, música e alegria.

 Estância


 
No interior do estado, o São João é ainda mais excitante. Para quem gosta de emoções fortes, nada melhor experimentar a batalha de espadas e busca-pés em Estância, a 68 km de Aracaju, no sentido Sul.
Durante os preparativos, a festa já se mostra. Para fazer os fogos, os estancianos  revivem o Pisa Pólvora, onde  não faltam danças, músicas, bebidas e comidas regionais, cujo produto final é uma montanha de artefatos de pólvora, que serão lançados nas ruas da cidade e servindo como propulsores dos Barcos de Fogo, que deslizam em cabos de aço suspensos, dando início à batalha de busca-pés na praça principal. O espetáculo pirotécnico não expõe os turistas e espectadores a riscos, pois telas de arame são instaladas por medida de segurança.

Capela


 
Durante a festa de São Pedro a emoção não acaba, só muda de lugar. Capela, situada a 67 km de Aracaju. A cidade é conhecida por realizar o melhor São Pedro do estado, com a Festa do Mastro. A população local escolhe uma árvore de no mínimo 15 metros de altura, que depois de cortada ao som das músicas e cantos de grupos folclóricos, é recolocada, já enfeitada com prendas no topo, no centro da praça principal. No dia de São Pedro, uma grande fogueira é acesa ao pé do mastro. Quando o mastro tomba, os presentes são liberados - neste momento, inicia-se uma batalha de busca-pés, dificultando o recolhimento dos brindes e aumentando a emoção da noite.

Areia Branca

Para quem prefere diversões mais amenas, Sergipe oferece o mais puro forró de Paz e Amor no município de  Areia Branca, a  31 km de Aracaju, onde São João é o santo padroeiro.
Uma lei municipal proíbe a queima de fogos de artifício, garantindo  segurança e tranqüilidade às pessoas, que podem dançar a noite inteira ao ar livre - ao som dos melhores forrozeiros do estado e do país.
A fama de forró de paz e amor se espalhou e começou a atrair  turistas, a praça central não comportava mais o contingente e em 1992 foi construído o forródromo, com capacidade para 50 mil pessoas.
A festa inicia sempre no dia 31 de maio e segue até  30 de junho, quando um gigantesco café da manhã é oferecido pelos moradores aos visitantes, mais uma tradição da cidade. 

Festa do Caminhoneiro



A Festa do Caminhoneiro, realizada no período de 10 a 13 de Junho, na cidade de Itabaiana - nacionalmente conhecida como Capital Nordestina dos Caminhões - , ocupa lugar de destaque no calendário nacional do setor com público médio de 80 mil pessoas durante o evento. A 40 anos, os caminhoneiros se reúnem para homenagear o santo padroeiro da cidade e comemorar o Dia do Caminhoneiro com shows artísticos, gincanas e desfile de caminhões.
          


A Feira Nacional do Caminhão, evento paralelo, assegura papel de excelente vitrine para exposição de produtos e serviços ligados ao setor de transportes e cargas.
 
Encontro Cultural de Laranjeiras



Sempre no mês de janeiro, a cidade de Laranjeiras, berço da economia de Sergipe, recepciona a intelectualidade brasileira ao sediar uma dos mais importantes encontros culturais do país. “É o momento da discussão literária nacional”, traduz o historiador Luiz Antônio Barreto.
Paralelamente, ocorre um simpósio que serve de base para pesquisas, estudos e divulgação dos trabalhos que estão sendo elaborados no Brasil na área da cultura popular.



Laranjeiras tem muito a ver com a cultura. No passado, a cidade centralizou o mercado de escravos em Sergipe.
Fortemente marcada pela cultura da cana-de-açúcar os traços da escravidão são inegáveis. Isto enriquece os encontros culturais de Laranjeiras, que, no início de cada ano desperta o interesse daqueles que se voltam para a criação e os debates sobre a cultura nacional.
Sendo a segunda cidade histórica mais importante de Sergipe, Laranjeiras concentra, até hoje, o maior número de manifestações folclóricas do Estado, muitas das quais já extintas no resto do país.

FASC – Festival de Arte de São Cristóvão



 Durante o Festival de Arte de São Cristóvão são realizados apresentações culturais a artísticas, exposições, debates e workshops, promovendo as mais diversas áreas culturais e artísticas do Estado.

Comidas típicas do ciclo junino



Este é um capítulo à parte... Pena que a tecnologia ainda não permita que a gente possa transmitir para vocês os sabores, odores das comidas e bebidas típicas desta época do ano em nosso estado.
Milho, tapioca e amendoim formam a base da maioria dos pratos. Bolo, canjica, pamonha, pé-de-moleque, beijus e cuscuz de coco: são iguarias típicas presentes na culinária da época.
Os licores de jenipapo, acerola, caju e maracujá - frutos tropicais de grande produção em Sergipe-,  também são muito apreciados. Para quem gosta de emoções fortes, são encontradas facilmente as batidas - também à base de frutas tropicais, mas com um teor de álcool muito mais elevado. 

Cidades com tradições juninas

Verdade seja dita: Os festejos juninos nasceram no Nordeste e escolheram Sergipe para melhor representar esta festa popular. Há mais de 80 anos, Santo Antônio, São Pedro e São João são festejados nos quatro cantos do estado, sempre no mês de junho, entre fogos, balões, fogueiras, quadrilhas, forró, muita comida e bebida típica. É só pegar o mapa  e escolher o local!

 Outras opções

 O São João em Sergipe  tem de tudo, por isso é considerado o mais rico e diversificado do Brasil.
 Há ainda, outras opções como Cristinápolis, a 115 km de Aracaju, e Indiaroba, a 100km, no sul do estado, que promovem o São João com a encantadora ingenuidade interiorana, ou em Pacatuba, a 116Km de Aracaju, há o tradicional São João com fogueiras em toda cidade, forró pé-de-serra passando de casa em casa e shows na praça principal e, ainda, Muribeca, a 72 km ao Norte da capital, que também comemora o São Pedro com uma grande festa.
Além do forró e dos fogos, outra atração merece destaque: o sabor das comidas típicas. Os festejos juninos em Sergipe são assim: muita festa, comida, bebida e alegria. Uma tradição que se fortalece a cada ano e não morrerá jamais contagiando a todos, pois conta com a trilogia  Santo Antônio, São Pedro e São João.

Curiosidades

A História da Quadrilha

Nos salões do império, era a quadrilha a primeira dança a ser executada, preferida da classe palaciana, pois a elite brasileira vivia voltada para a Europa, principalmente a França, copiando modelos de roupas, comidas, leituras e até os gestos. Portanto, a quadrilha no século XIX  se tornou a dança predileta.
A quadrilha se popularizou, invadiu a zona rural e embora esteja em extinção no sul do país, é muito forte em todo o estado de Sergipe nos períodos juninos.
A indumentária é colorida e confeccionada com matéria-prima tipicamente nordestina, couro,  rendas, brim, viés, fitas, espuma e napa.

Casamento na Roça

O Casamento  Caipira, como é mais conhecido pelos sergipanos, é um grande aliado das festas.
Cultura e tradição são mantidas intactas. Tudo é exagerado e jocoso.  Geralmente a noiva é “barrigudinha”, caracterizando a “pressa”  dos noivos.   

Grupos folclóricos do ciclo Junino  
  • Pisa-Pólvora 
Um ritual, uma dança folclórica, muito parecida com a Batucada, ambas manifestações populares com forte expressividade no município de Estância. A finalidade maior do Pisa-Pólvora é preparar a pólvora para as sensacionais batalhas de busca-pés e para os barcos de fogo, abrindo os festejos juninos da cidade.
A dança é realizada em torno de um pilão, onde estão colocados o enxofre, o salitre e o carvão (substâncias utilizadas no preparo da pólvora). Homens e mulheres costumam participar, vestidos à moda caipira, cantando e dançando ao som de ganzás, tambores, triângulos, reco-reco e porca.
O ritual é uma herança dos tempos da escravidão, os negros costumavam realizar as tarefas dançando, pisando forte no chão e tirando versos de improviso.  
  • Samba de Coco
Uma dança acompanhada de cânticos -a origem é africana- mas, com forte influência indígena. A marcação do ritmo é forte, feita através dos sapateados e das palmas.
Sua origem africana está ligada intimamente à formação dos quilombos. Os negros que fugiam das senzalas se reuniam em locais distantes – quilombos-, e para passar o tempo ocioso cantavam enquanto praticavam o ritual da quebra do coco, retirando a coconha (amêndoa), para o preparo dos alimentos. No Samba de Coco, o tirador do coco, também chamado de coqueiro, é quem puxa os versos, que são respondidos pelo coro dos participantes. Os versos podem ser tradicionais e improvisados e aparecem nas mais variadas formas, quadras, sextilhas, décimas etc.
No Samba de Coco o canto é marcado pelos instrumentos de percussão: cuícas, pandeiros, ganzás, bombos, tambores, chocalhos, maracas e zabumbas que acompanham a sanfona.
Enquanto dançam, sapateando e pisando forte no chão, os participantes batem palmas e cantam, girando sem parar, desenvolvendo passos e requebros.
A indumentária é simples. As mulheres usam vestidos estampados, com saias rodadas e cinturas marcadas. Os  homens, calças comuns e camisas identicamente estampadas. Nos pés, usam tamancos de madeira que ajudam a sonorizar o ato da pisada no chão.
  • Batucada
Manifestação folclórica bastante difundida no município de Estância. Os instrumentos de percussão são: tambor, reco-reco, ganzá e triângulo. O compasso rítmico das batidas dos pés é  a característica mais marcante.
A Batucada é composta de 100 a 150 figurantes, homens e mulheres, que vestem indumentárias típicas do ciclo junino. Na cabeça, todos usam chapéus de palha e nos pés tamancos de madeira.
  • Bacamarteiros
Costume e tradição do município de Carmópolis. Os Bacamarteiros comemoram a noite de São João (24 de junho) com dança, música e muitos tiros de bacamarte (espécie de rifle artesanal). O grupo é composto por mais de 60 participantes, entre homens e mulheres. As mulheres trajam chapéu de palha e vestido de chita, dançam sempre em círculo, enquanto os homens, que ficam atrás, vão disparando tiros de bacamarte, de acordo com o desenrolar da dança.
  • Sarandaia
A Sarandaia, realizada em Capela, é a junção de dois grupos folclóricos: Zabumba e Bacamarteiros. No dia 31 de maio, à meia-noite, eles saem às ruas pedindo brindes para ajudar a compor o mastro. O cortejo invade a noite com muita gente dançando ao ritmo da zabumba e os estouros dos bacamartes.




:: VEJA TAMBÉM
Governo solicita ao DNIT revisão da sinalização das rodovias federais em Sergipe
Governo do Estado discute ações para o fomento do turismo sergipano
Secretaria de Turismo realiza capacitações de operadoras em SP e MG
Odonto Fantasy 2016 reúne diversas atrações em Aracaju
Sergipe participa de Fórum Nacional de Secretários de Turismo
Governo do Estado e prefeitura de Poço Redondo assinam termo de cooperação para construção da orla do povoado Curralinho
Projeto ‘Setesp Itinerante’ inicia agenda de visitas por Canindé de São Francisco
Festival de Danças Árabes de Sergipe
Secult lança exposição sobre Sergipanidade no Corredor Cultural Irmão
‘O Teatro Mágico’ se apresenta nesta quinta, 30 no TTB
Pablo e Marília Mendonça estarão no São Pedro de Capela
Cine Vitória recebe o Festival de Cinema Europeu
Cine Mais UFS exibe filme 'Vocação do Poder' dia 27
Agentes de viagens e jornalistas da Bahia visitam Sergipe para conhecer o que o estado tem de melhor
Orsse estreia Série Laranjeiras com repertório inédito
Shopping vai receber a Campanha Sou Amigo do Samu
Veja a lista dos premiados no Oscar 2016
Speed Day
Orquestra Zé Frevança faz a folia do Museu da Gente
Fest Verão: expectativa é de 40 mil pessoas por noite
Natal: Coral Vivace fará apresentação de Natal hoje
Secretaria de Esportes e entidades se reúnem para definir acesso de deficientes à Arena Batistão
Feriadão tem opções de diversão para as crianças
Museu da Gente Sergipana ultrapassa os 300 mil visitantes
Festival Internacional ‘Pequeno Cineasta’ atrai estudantes
O espetáculo, que existe há um ano, apresenta elementos da cultura sergipana na estética infantil, para aproximar as crianças de personalidades sergip
Zé Peixe é tema de espetáculo
Itaporanga cancela contratos de bandas para o São João
Orquestra Ouro Preto apresenta canções dos Beatles
Programação diversificada na Temporada Mariano de Artes
Arraial Aracajufest abre os festejos juninos
Cortejo folclórico abre a programação da Aldeia Sesc
Dia 10 a Casa Rua da Cultura vai iniciar Temporada
Seed lança XXXII Jogos da Primavera nesta terça, 31
Declare seu Amor a Aracaju - 160 anos
Eri Pinta e Johnson Borda em Aracaju
Funcaju divulga blocos de carnaval que receberão apoio
Começa hoje a festa da padroeira de Pirambu
Dioguinho DHS lança carreira solo nesta sexta-feira, 30
Fest Verão Sergipe em contagem regressiva
Óculos em formato de coração são a febre do verão
Programação do Réveillon da Orla da Atalaia é divulgada
Espetáculo “No Reino da Caatinga”
Odonto Fantasy 2014
Fábio Jr. e José Augusto apresentam show em Aracaju
Espetáculo “E foram, quase, felizes para sempre”
''É proibido cochilar'' será exposta na Jenner Augusto
Festival Mestre Deca em Laranjeiras acontece dia 20
Turistas estrangeiros lotam Sergipe
Copa traz visibilidade para Sergipe
Profissionais que receberão a Seleção da Grécia são capacitados pelo Pronatec Copa
Estado, prefeitura e trade turístico unidos para a recepção dos turistas na Copa 2014
Emsetur participará da ABAV Bahia
Setur entrega projetos de revitalização turística para Laranjeiras
Fifa faz doação de material esportivo para o Batistão
Setur e Emsetur participam da BNTM 2014
Mtur elabora Plano Estratégico de Marketing Turístico para Sergipe
Sergipe na revista de bordo da Azul
Universidade Federal de Sergipe inicia mestrado voltado para Turismo
Setur e Emsetur fazem entrega de presentes a instituições carentes
Emsetur capacita agentes de viagem do Centro-Oeste
Sergipe participa de eventos turísticos em São Paulo
Setur realiza aula inaugural do Pronatec Copa
Sergipe registra aumento de 25% em estabelecimentos turísticos
Comissões de Turismo do Senado e Câmara se reunirão em Aracaju
Agentes de viagem da Bahia realizaram Famtour em Aracaju
Sergipe já está na rota dos grandes eventos esportivos
Governo de Sergipe inicia reforma dos Arcos da Orla da Atalaia
Arraiá do Povo continua animando as noites sergipanas
Setur e Emsetur lançam promoção “Feriado em Sergipe”
Festejos Juninos de Sergipe terão destaque em evento de turismo na Bahia
MTUR garante verba para Centro de Convenções de Sergipe
Setur e Emsetur divulgam Sergipe em evento da CVC
Presidenta Dilma e governador Marcelo Déda inauguram ponte Gilberto Amado
Sergipe é destaque em publicação nacional como ponto de turismo histórico
Aracaju vai receber voos fretados do Chile
Jornal Brasilturis destaque as belezas de Sergipe
Aracaju comemora o Dia do Turismo com excelentes resultados
Cresce o turismo nacional de acordo com 8ª edição da PACET
Agosto é mês de Samba na Orla Pôr do Sol
O forró continua na Orla Pôr do Sol durante o mês de julho
Brejo Grande - Sergipe
Turismo em alta no estado de Sergipe
Setur realiza reunião com municípios para fortalecimento institucional
Primeira eliminatória do Alumiar atrai sergipanos e turistas à Orla de Atalaia
Quinteto Sanfônico abre a Semana do Turismo
Aracaju recebe pesquisa sobre turismo
Centros de Atendimento ao Turista são elogiados
Aracaju estará representada no 6º Salão do Turismo
Cidade ganha destaque nacional
Veja como ficará o novo calçadão da Beira Mar
Projeto 'Caju na Rua'
Objetivo do Verão Sergipe é promover a inclusão social e fortalecer o turismo na região
Turise Operadora é premiada pelo Sebrae
Reveillon em Aracaju: Margareth Menezes promete grande show.
Turise Operadora leva você ao Carnaval em Buenos Aires. Confira!
Sergipe é contemplado em publicação durante a Abav
Graffitis dão novos tons às ruas de Aracaju
Praça São Francisco é o novo patrimônio cultural da humanidade
Balanço positivo dos quatro dias do Forró Siri
Forró Siri 2010
Copa do Mundo 2010
Embratur prevê entrada de 11,1 milhões de turistas com a copa de 2014
Feira de Sergipe 2010 - será de 14 a 31 de janeiro.
Aracaju desponta nacionalmente para o turismo
II Sergipe Export ajuda a promover exportações
Festas Juninas 2010
Aracaju na cena musical eletrônica brasileira
Natal em Aracaju
Starfish Resort
São João 2010
Carnaval 2008
Programa de Desenvolvimento do Turismo
Sergipe participa de bolsa turística em Porto Alegre
Amazonas na rota dos cruzeiros marítimos
Dicas de Viagem
Feira de Sergipe 2007
Roteiros turísticos brasileiros
O despertar da Bahia para novos empreendimentos
KLM incrementa serviços para China e Caribe
Dia Internacional do Turismo
Bonturn vende vários estandes em apenas um mês
Dia das Crianças no Parador Maritacas Resort
Feriado de 7 de setembro no Sofitel Rio de Janeiro
TAM oferta novo vôo ligando Aracaju ao Rio
Turista internacional quer voltar ao Brasil
Seminário discute Turismo de Aventura
Bahia e Pernambuco criam roteiro turístico integrado
Vôo charter ligará Portugal ao Maranhão
Salão de Turismo mobiliza 69 roteiros nordestinos
Dia dos Namorados
Rede Pestana oferece pacotes e jantares românticos